quinta-feira, 8 de dezembro de 2016

Melhor Azeite do Mundo -Azeite Virgem Extra Premium CAMB

No dia 6 de Dezembro, estivemos num Evento promovido pela Cooperativa Agrícola de Moura e Barrancos (CAMB), onde foi feita a apresentação oficial do novo Azeite Virgem Extra Premium CAMB, considerado o melhor azeite do mundo na categoria frutado maduro, no concurso internacional Mário Solinas. O evento realizou-se na Casa do Alentejo em Lisboa, onde pudemos, em primeira mão, conhecer a riqueza e a qualidade deste novo azeite.

Estiveram presentes, representantes da CAMP, algumas figuras públicas e muitos blogueres.




Azeite Virgem Extra Premium CAMB
O Azeite Virgem Extra Premium CAMB foi elaborado a partir das variedades regionais da cooperativa, com predominância da Galega - rainha das azeitonas portuguesas, através da extracção a frio e utilizando processos exclusivamente mecânicos, com o objectivo de garantir a máxima qualidade do produto final.
A embalagem do Azeite Virgem Extra Premium CAMB foi especialmente desenhada e produzida, apostando-se numa garrafa escura e garantindo-se, assim, que o ambiente e as condições atmosféricas não interferem no tom e nos aromas originais do produto.
Pensado especialmente para consumidores exigentes e apreciadores de uma alimentação saudável e de alta qualidade, o Azeite Virgem Extra Premium CAMB está já disponível nos principais super e hipermercados do país, pelo preço de venda ao público recomendado de 12,49 € (embalagem de 500 ml).


Depois da apresentação, pudemos degustar estes novo sabor, muito intenso, picante e bem delicioso.




Seguidamente pudemos desfrutar deste azeite nos pratos que nos foram servidos ao jantar.

Um delicioso creme regado com um fio de azeite, bacalhau com batatinhas a murro e uma deliciosa sericaia com ameixa de elvas.



Luís Crisóstomo (CAMB)



Muito obrigada pelo convite, no final ainda tivemos uma oferta, uma garrafa lindíssima do novo azeite da CAMB.
Agradecer também a Alda Benamor da PLUGMORE, pela sua simpatia e amabilidade.

sábado, 19 de novembro de 2016

AÇORDA DE BACALHAU

Uma receita tipicamente alentejana, aprovada pelo marido, não fosse ele alentejano, e que é um verdadeiro manjar dos deuses.

Também um agradecimento á Wood flavors, pela linda e criativa tábua de servir, que me ofertou.



É linda não é?




Ingredientes:
(para duas pessoas)

Uma posta de bacalhau grande cozida
1 pão alentejano pequeno
1 cebola
3 dentes de alho
2 gemas de ovo
1 ramo de coentros
25 g de azeite
sal, pimenta e louro q.b.


Preparação:

Coza o bacalhau e reserve a água.
Coloque as fatias do pão (coloquei a parte de cima o pão cortado em fatias finas) de molho na água da cozedura do bacalhau.
Desfie o bacalhau em lascas médias.

No robot de cozinha, se fôr o caso, senão num tacho, coloque a cebola em quartos os dentes de alho o azeite e piquei 8 seg/vel 5.
Junte a folha de louro e programe 6 min/100º/vel 1, para refogar.
Adicione o bacalhau e o pão escorrido e programe 5 min/100º/vel colher, para cozinhar um pouco.

Entretanto retire o miolo do pão, ficando apenas a côdea para colocar  a açorda, ficará assim com uma apresentação, de fazer crescer água na boca.

Depois de praticamente pronto, coloque os coentros bem cortadinhos e duas gemas de ovo batidas, aos poucos e mexendo sempre, para envolver.

Na caixinha formada pela côdea do pão, deite o preparado e sirva assim quentinho com uma salada.



Deliciem-se!

Beijoc@s




terça-feira, 1 de novembro de 2016

PÃO DE BANANA

Na 42º edição do Evento Dia Um...Na Cozinha, vamos dar lugar ao desfile de Pães Doces.
Chegou o Outono, se bem que este ultimos dias e noites, têm sido mais de verão, mas como não vai durar muito, penso eu, nos entretantos, arrefece e já apetece estar mais quentinha, e para " mal dos meus pecados" apetece coisinhas reconfortantes, no entanto com alguma parcimónia.
Pecados à parte, resolvi fazer este pão, que embora se possa classificar como doce, que é otimo para um lanche, dos pequenos e graúdos, não é muito doce, pois não leva nenhum açúcar, apenas o das frutas. 





A receita veio daqui, alterei algumas quantidades e adaptei-a à Bimby.

Ficou uma delícia, saboroso, a banana e os bocadinhos de noz combinam maravilhosamente.


Ingredientes:

1 maça grande (pesava 210 g depois de descaroçada e descascada)
4 bananas (pesavam 410 g depois de descascadas)
70 g de miolo de noz
1 colher de café de canela
1 colher de café  de erva doce
1 colher de café de gengibre
3 colheres de café  de fermento em pó
100 de azeite virgem extra
200 g de farinha de trigo integral
4 ovos






Preparação:

Piquei as nozes, levemente para ficar em pedacinhos.
Na Bimby, coloquei a maçã  cortada em quartos e piquei 4 seg/velocidade 5, juntei as bananas a canela, a erva doce e o gengibre e pique 15 seg/velocidade 5.
Na velocidade 3, fui introduzindo os ovos um a um, e o azeite aos poucos, até
ficar tudo bem envolvido.
Adicionei a farinha o fermento e as nozes e envolvi com a ajuda da espátula e sempre na velocidade 3.

Utilizei uma forma, tipo bolo inglês, forrei com papel vegetal e untei com azeite.
Deitei a massa e levei ao forno, pré aquecido, durante 30 minutos.


Beijo@s

domingo, 9 de outubro de 2016

Para os dias de festa - Folhadinhos com bacon e tâmaras



São mesmo só para os dias de festa...

Estavam uma delicia!

Ingredientes:

1 rolo de massa folhada retangular
1 embalagem de bacon 
8 tâmaras sem caroço
azeite q.b.
Sementes de sésamo

Papel vegetal/tapete de silicone



Preparação:


Estenda a massa folhada, e distribua as fatias de bacon bem juntinhas.
Faça um corte na massa, junto a cada fatia de bacon, formando cerca de 8 partes.
Vai depender do tamanho das fatias, mas neste caso foram 8.
Coloque uma tâmara e enrole.
Coloque num tabuleiro, sob uma folha de papel vegetal
Pincele com azeite cada rolinho e salpique bem com as sementes, usei brancas e pretas.
Espalhe também sementes no papel vegetal, levante o rolinho com cuidado, e envolva-o por baixo com essas sementes.
Leve ao forno, pré-aquecido, e deixe que folhem até ficarem com uma côr agradável.


Beijoc@s


quinta-feira, 1 de setembro de 2016

BOLO DE CANECA LIGHT COM AVEIA E BANANA


Na 40ª edição do “Dia Um…Na Cozinha” o tema são “BOLOS DE FRUTA”. 

No final de um dia de trabalho, e outros afazeres, ainda sobrou um bocadinho, para trazer um bolinho muito apreciado, bem cheiroso, leve e amigo da "linha"
Por ser rápido, sem necessidade de ligar o forno, que não apetece nada com este calor, e por querer continuar a apreciar a evolução da minha balança  no sentido decrescente, foi a minha escolha e também a primeira vez que fiz bolo de caneca.



Ingredientes:

1 banana
2 colheres de sopa de iogurte natural magro
1 ovo
1 colher de sopa de aveia em flocos finos
1 colher de sopa de coco ralado
uma pitada de fermento

Preparação:

1 Misturar tudo muito bem, usei a Bimby/Thermomix, 30 seg vel. 5.
2 Distribuir por duas canecas
3 Leve ao microondas durante 4 minutos, em potência média alta.



Não sei se a caneca era grande demais, eles cresceram bem, mas depois abateram um pouco, no entanto o sabor é otimo, sabe bem a banana e sobressai o coco, que perfumou a cozinha e deu para matar saudade de um bolinho. Com esta rapidez, não se pode pedir mais...


Receita do site Vida Ativa

BEIJOC@S

segunda-feira, 1 de agosto de 2016

SORVETE DE MELANCIA E HORTELÃ

No "Evento Dia Um...Na Cozinha", desta vez o Tema são Gelados

Depois de quinze dias de boa vida e a degustar bons sabores (férias), optei por fazer um Sorvete, pois é menos calórico e  muito refrescante, o que sabe bem, especialmente nestes dias de calor.

Aproveitei uma fruta da época, a melancia que transformada em sorvete ficou agradavelmente saborosa, e que por si só, já nos deixa fresquinhos.




Ingredientes:

1000 g de melancia, previamente congelada
75 g de açucar (a receita original tinha 150 g)
15 g de folhas de hortelã
80 g de água
1 clara de ovo

Preparação na Bimby/Thermomix

Coloque o açucar e a hortelã no copo e pulverize 15 seg/vel 9
Adicione a água, e programe 10 min/temp 100º/vel 1
Deixe arrefecer.
Depois junte a melancia e a clara e programe 1,30 min/vel 9
Leve ao congelador.



Fonte: "Verão com a Bimby"


Beijoc@s

sexta-feira, 1 de julho de 2016

COUSCOUS COM VEGETAIS CHINESES SALTEADOS E CAMARÃO

Chegados a 1 de Julho, mais um dia de receita fresquinha e deliciosa

O Tema para a 38ª edição do “Dia Um… Na Cozinha"… são  COUSCOUS

Produto originário do norte de África, produz-se a partir da sêmola de trigo duro que é, então, preparada, cozida a vapor e seca. É um artigo conhecido pela sua versatilidade e rapidez na preparação, satisfazendo todos os gostos. Pode servir-se quente ou frio: como entrada, salada, acompanhamento, prato principal e, até, sobremesa.

Escolhi, uma receita, que por si só já é bem saborosa, adoro estes vegetais, e os COUSCOUS, enriqueceram-na, pois a junção de sabores é otima.


Ingredientes para os COUSCOUS

120 g de Couscous
200 g de água a ferver
uma pitada de sal
um fio de azeite
um pouco de molho de soja

Preparação dos COUSCOUS

Ferver a água com o sal e o azeite, deitar por cima dos couscous deixar hidratar, e quando absorver toda a água, mexa com um garfo para soltar os grãos.
Adicione um pouco de molho de soja e volte a envolver.


VEGETAIS COM CAMARÃO

Utilizei meia embalagem de vegetais chineses(marca continente), estas embalagens são maiores que outras de diferentes marcas.
Utilizei também meia embalagem de miolo de camarão


Na Actrifry coloquei um pouco de azeite e alhos cortados, deixei aquecer 3 minutos e coloquei os vegetais e o camarão. 
Coloquei também um pouco de molho de soja.
Deixei cozinhar 6 minutos.


Depois coloquei em camadas, começando com os couscous e terminando com os vegetais.


Ficou excelente, gostei da junção de sabores e da leveza dos ingredientes.


Não foi uma estreia, já tinha feito, mas cozinhados assim, deixaram-me com vontade para repetir mais vezes.

Beijoc@s

segunda-feira, 27 de junho de 2016

SOBREMESA DE GELATINAS



Fantástica esta Sobremesa de Gelatinas coloridas, frescas e muito leves





Ingredientes:


  • 3 saquetas de gelatina de diversos sabores e cores diferentes
  • +1 saqueta de gelatina de ananás
  • 1 saqueta de gelatina em pó neutra
  • 1/2 lata de leite evaporado

Preparação:

  • Comece por fazer as 3 gelatinas (excepto a de ananás) apenas com metade de água (125 ml) a ferver, portanto não adicione a agua fria. Cada uma numa tacinha e deixe solidificar. 
  • Depois de solidificada, corte em cubos e misture-as numa taça de servir, ou numa forma.
  • Bata o leite evaporado até dobrar de volume. 
  • Faça agora a gelatina de ananás, juntando o pó de ananás e o pó da neutra em 125 ml de água a ferver. Mexa bem, e junte a mesma quantidade de água gelada, volte a mexer.
  • Vá juntando aos poucos este preparado das gelatinas ao leite evaporado, sem deixar de mexer, e por fim coloque na taça onde estão os cubos de gelatina.
  • Leve ao frigorífico para solidificar.
  • Poderá servir cortando em quadrados, ou se quiser desenformar, coloque a base da taça em água quente, vire sob um prato e ela desenforma facilmente.





E é vê-la a desaparecer...


Fonte : http://asdeliciasdasguerreiras.blogspot.pt/

Beijoc@s




domingo, 5 de junho de 2016

BOLACHAS - RENDAS (sem ovos)




Umas bolachas bem crocantes, muito rápidas de fazer e super fáceis.


Ingredientes:


  • 60 g de farinha de trigo
  • 100 g de açúcar mascavado claro
  • 100 g de creme vegetal (becel)
  • 125 g de miolo de amêndoa

Preparação  Bimby/Thermomix

  1. Como tinha amêndoa coloquei no copo da bimby e triturei, a gosto, poderá ficar mais ou menos, mas não deixe em pó, para se sentir ao comer. Reserve.
  2. No copo limpo coloque a farinha o açúcar e o creme vegetal, envolva 15 seg/vel 6.
  3. Junte o miolo de amêndoa e envolva mais uns segundos, usando a espátula para baixar o que fica agarrado ao copo.
  4. Num tabuleiro, coloque uma folha de papel vegetal, Com uma colher de chá vá retirando pequenas porções de massa, faça umas bolinhas e coloque no tabuleiro, achatando-as. Deve deixar espaço entre elas, pois vão crescer e ficarão coladas, se estiverem muito perto umas das outras. Leve ao forno de 5 a 8 minutos, até alourarem um pouco, e deixe arrefecer fora do forno.
  5. Depois de arrefecidas soltam-se muito bem do papel e é altura de provar!

Ficam bem crocantes e muito gostosas. Adorei o resultado. Guarde numa lata de bolachas bem fechada. Não acredito que por muito tempo, pois são tão boas, que logo logo, umas mãozinhas malandrecas as vão encontrar...


Um ótimo domingo, Beijoc@s!

quarta-feira, 1 de junho de 2016

GOMAS SEM AÇUCAR PARA A CRIANÇADA


 1 de Junho

Dia da Criança

Para elas, saíram umas boas doses de gomas, sem açucar, que fizeram as delicias até dos mais crescidos.





 

Este mês, o Evento Dia Um...Na Cozinha, convidou-nos a fazer GOMAS, para festejar o Dia da Criança, e com elas brincar,


A receita é muito simples, só é necessário 

  • gelatina a gosto uma carteirinha
  • gelatina incolor em pó, 20 g
  • 200 g de água

Coloquei tudo na Bimby, mexi 10seg/vel 4 e depois programei 5 minutos, temp. 100º, vel. 4.

Coloquei nas formas e levei ao frio, pelo menos 2 horas.

Desenformei...  e foi vê-las a fugir.
 Fotografá-las foi dificil, fiz por diversas vezes, para conseguir ter uma quantidade satisfatória.

Parece que têm iluminação própria, ficaram bem giras e comem-se sem qualquer peso na consciência.
 










Para todas as crianças, desejo o melhor...
Todas merecem,  afeto, amor e compreensão, alimentação adequada, cuidados médicos, educação gratuita, proteção contra todas as formas de exploração e a crescer num clima de Paz e Fraternidade.


  • Ao contrário do que muitas pessoas pensam, o Dia Mundial da Criança não é só uma festa onde as crianças ganham presentes.

  • É um dia em que se pensa nas centenas de crianças que continuam a sofrer de maus tratos, doenças, fome e discriminações (discriminação significa ser-se posto de lado por ser diferente).

  • Sabias que o primeiro Dia Mundial da Criança foi em 1950?

  • Tudo começou logo depois da 2ª Guerra Mundial, em 1945.
    Muitos países da Europa, do Médio Oriente e a China entraram em crise, ou seja, não tinham boas condições de vida.

  • As crianças desses países viviam muito mal porque não havia comida e os pais estavam mais preocupados em voltar à sua vida normal do que com a educação dos filhos. Alguns nem pais tinham!

  • Como não tinham dinheiro, muitos pais tiravam os filhos da escola e punham-nos a trabalhar, às vezes durante muitas horas e a fazer coisas muito duras.

  • Sabias que mais de metade das crianças da Europa não sabia ler nem escrever? E também viviam em péssimas condições para a sua saúde.

  • Em 1946, um grupo de países da ONU (Organização das Nações Unidas) começou a tentar resolver o problema. Foi assim que nasceu a UNICEF.
    Clica aqui para leres sobre esta organização.

  • Mesmo assim, era difícil trabalhar para as crianças, uma vez que nem todos os países do mundo estavam interessados nos direitos da criança.

  • Foi então que, em 1950, a Federação Democrática Internacional das Mulheres propôs às Nações Unidas que se criasse um dia dedicado às crianças de todo o mundo.

  • Este dia foi comemorado pela primeira vez logo a 1 de Junho desse ano!

  • Com a criação deste dia, os estados-membros das Nações Unidas, reconheceram às crianças, independentemente da raça, cor, sexo, religião e origem nacional ou social o direito a:
    - afecto, amor e compreensão;
    - alimentação adequada;
    - cuidados médicos;
    - educação gratuita;
    - protecção contra todas as formas de exploração;
    - crescer num clima de Paz e Fraternidade universais.

  • Sabias que em só nove anos depois, em 1959 é que estes direitos das crianças passaram para o papel?

  • A 20 de Novembro desse ano, várias dezenas de países que fazem parte da ONU aprovaram a "Declaração dos Direitos da Criança".
    Trata-se de uma lista de 10 princípios que, se forem cumpridos em todo o lado, podem fazer com que todas crianças do mundo tenham uma vida digna e feliz.

  • Claro que os Dia Mundial da Criança foi muito importante para os direitos das crianças, mas mesmo assim nem sempre são cumpridos.

  • Então, quando a "Declaração" fez 30 anos, em 1989, a ONU também aprovou a "Convenção sobre os Direitos da Criança", que é um documento muito completo (e comprido) com um conjunto de leis para protecção dos mais pequenos (tem 54 artigos!).

  • Esta declaração é tão importante que em 1990 se tornou lei internacional!

Fonte: www.junior.TE.pt


Beijoc@s


domingo, 1 de maio de 2016

PAVLOVA COM KIVIS E NESPERA



O Dia Um...Na Cozinha, vem de mão dada com o Dia da Mãe

O Tema este mês é PAVLOVA

Um doce, bem guloso, criativo, perfeito para este dia.

Cá por casa, o maior problema é mesmo a questão do meu forno, aquecer demasiado e neste doce particularmente, não é nada bom. Não ficou como eu queria, mas não quis deixar de participar.

Desejos de um dia bem docinho, com uma parte do melhor das nossas vidas, as nossas Mães!





Ingredientes:

4 claras
12 colheres de sopa de açucar em pó
1/2 colher de sopa de maizena
1 colher de chá de vinagre
1 colher de chá de extrato de baunilha

Para a cobertura:

1 emb. natas de soja
2 colheres de sopa de açucar
3 Kivis
2 nesperas




Preparação na Bimby/Thermomix:

  1. Coloque o açúcar no copo da Bimby e pulverize 15 seg/vel 9. Junte a maizena envolva e reserve.
  2. Com o copo bem limpo, coloque as claras, e bata na velocidade 3 ou 3,5, durante 5 minutos. Vá introduzindo o açúcar pouco a pouco, sempre com a máquina em movimento. Quando estiver firme, coloque o vinagre e a baunilha.
  3. Num tabuleiro forrado com papel vegetal, coloque o merengue, e leve ao forno, até ficar crocante, +- 60 minutos.
  4. Deixe arrefecer dentro do forno e depois de esfriar, bata as natas com o açúcar e coloque por cima.
  5. Decore com fruta e sirva.
Devo acrescentar que no meu forno, a temperatura e o tempo que dei, é muito pessoal, pois ele aquece demasiado e se estivesse 60 minutos, estorricava!! 






 Beijoc@s


 

sexta-feira, 1 de abril de 2016

FRIGIDEIRA DE CARNES




  
Frigideira de Carnes...será?



Hoje no Dia Um...Na Cozinha, vamos ter muitas surpresas, lembrem-se que é "Dia das Mentiras" e fomos convidados a fazer uma receita fingida.

Não foi fácil, estava sem ideias, e foi num dia que me apeteceu folhear algumas (muitas)  revistas da Teleculinária, que uma receita me chamou a atenção, primeiro porque eram ingredientes que todos gostamos, fácil de pôr em prática, penso que se adapta perfeitamente ao tema, e até de substituir alguns ingredientes, que não dispunha de momento.
Substitui, rojões por lombo de porco
presunto por chouriço
massa folhada por massa quebrada

e ficou bem bom!





Ingredientes:

400 g de lombinho de porco
200 g de chouriço de porco preto
1 batata doce grande
30 g de manteiga
30 g de banha
2 dl de vinho branco
1 folha de louro
sal, pimenta e colorau q.b.
1 rolo de massa quebrada {fiz 1/2 receita }
ovo batido para pincelar



Preparação:

  • Corte o lombinho de porco em pedaços pequenos e tempere-os com sal, pimenta, colorau, a folha de louro e um pouco de vinho branco. Deixe marinar cerca de 20 minutos. Depois leve ao lume uma frigideira com a banha e a manteiga, deixe derreter, junte a crane bem escorrida e deixe fritar, em lume moderado, até ficar tenra.
  • Corte o chouriço em cubos e adicione à carne, envolvendo.
  • Junte depois a batata-doce descascada e cortada em pedaços e deixe cozinhar, adicionando, aos poucos, o restante vinho.
  • Coloque a carne dentro de um recipiente, que possa ir ao forno,  e cubra-a com a massa quebrada. Pincele com o ovo batido e leve ao forno, até alourar.




Fonte: Receita adaptada da Revista Teleculinária nº 1905


Beijoc@s

terça-feira, 1 de março de 2016

EMPADAS DE FRANGO COM CHOURIÇO


E já estamos em Março, como o tempo voa!

Dia 1 é dia de trazer algo proposto pelas nossas/o mentores, e desta vez o tema são Empadas.


Foi uma estreia aqui em casa, mas correu bem e foram aprovadas.












Massa:

50 g de água
50 g de azeite
50 g de vinho branco
1 ovo
100 g de banha
1 c. café de fermento em pó
1 c. chá de sal
450 g de farinha

Preparação na Bimby/Thermomix

No copo da Bimby coloque os liquidos, o sal e a banha (também pode usar margarina) e programe 2 min/37º/vel 1.
Junte o ovo, a farinha e o fermento e programe 2 min/Vel espiga.
Retire e reserve.


Recheio:

3 peitos de frango, cortados em pedaços
1/4 de um chouriço de porco preto, sem pele e cortado em pedaços pequenos.
1 cebola média
2 dentes de alho
30 g de azeite
1 caldo de galinha
30 g de molho de soja
30 de óleo de girassol
150 g de vinho branco
água o suficiente para tapar a carne.


Preparação na Bimby/Thermomix

Colocar no copo a cebola e os alhos, com o azeite e programe 6 seg/vel 5. Com a espátula baixe o que ficou nas paredes do copo e programe 6 min/100º/vel 1.
Junte o frango e o chouriço e os restantes ingredientes e programe 16 min/100º/vel colher.
Depois de cozido, coloque na velocidade 4 apenas 4 ou 5 segundos para desfiar.
Retire e escorra o molho.

Montagem das empadas:

Em forminhas redondas, ou num tabuleiro com esse mesmo formato, untar com manteiga (usei becel) e passar com farinha.
Retirar pedaços de massa e forrar as forminhas.
Rechear com o frango e colocar a tampinha, esticando bem  a massa, de forma a que fique fininha.
Junte os bordos, aconchegando bem com os dedos e pincele com ovo batido.
Leve ao forno, até alourar.



Com este recheio costumo fazer um belo arroz, que é muito bem vindo, aqui em casa, todos gostam.
Aproveito a agua que sai do recheio e acrescento até aos 800 g e faço o arroz que depois é junto e envolvido no frango e vai ao forno com umas rodelas de chouriço a tostar levemente.


A massa é do livro base da Bimby.


Beijoc@s

sexta-feira, 1 de janeiro de 2016

CABRITO À PADEIRO ...PARA O DIA UM...NA COZINHA!

Feliz Ano Novo

Todo o dia é ano novo.
Todo dia é ano novo
Entre a lua e as estrelas
num sorriso de criança
no canto dos passarinhos
num olhar, numa esperança...

Todo dia é ano novo...portanto...feliz ano novo todo dia! 




Começamos bem o Ano, com a 32º Edição do "Dia Um...Na Cozinha!, com um tema, que à primeira vista, parece fácil, mas que, com tantas cozinheiras/cozinheiros de mão cheia que fazem parte deste grupo maravilhoso, com sugestões deliciosas, tornou-se uma verdadeira tarefa de difícil escolha.

O Tema " RAPINANÇO DE RECEITA NATALÍCIA " , conjugou uma receita bem saborosa com uma refeição especial, o almoço de Natal.

A receita escolhida foi Cabrito à Padeiro, e veio do blog da minha amiga Gisela, Pão e Beldroegas, que além desta, tem imensas sugestões para esta quadra festiva.


Ingredientes:

 Metade de um cabrito, com cerca de 2 kg
5 dentes de alho
1 colher de chá de colorau
2 folhas de louro
0,5 dl de vinho branco
100 g de banha
1 dl de azeite
1 kg de batatas para assar
sal e pimenta q.b.
alecrim q.b.








Preparação:


Colocar o cabrito numa taça grande, juntar os alhos picados, o louro, o colorau, o vinho branco, o sal e a pimenta e deixar  marinar 24 horas.
Na hora de ir ao forno, colocar a carne num tabuleiro com a  marinada, o azeite e a banha e levar a assar cerca de 1,30.
Alterei um pouco a receita, porque não cabiam no mesmo tabuleiro as batatas, e também foram assadas sem casca, pois cá em casa gostam mais.
Colocar as batatas descascadas, regadas com um fio de azeite, um pouco de sal e  alecrim.
Regar com o molho do cabrito e virar para assar  de ambos os lados.
Servir quente.
Acompanhar com uma salada. 
Ficou delicioso, todos gostaram imenso. 


BEIJOC@S